Alimentos anticancerígenos

unnamed
  1. Tomates

Os tomates são uma excelente fonte alimentar de licopeno, um carotenoide, responsável pelas cores vermelha, o licopeno é provavelmente o carotenoide que tem potencialmente um impacto mais poderoso contra o câncer.

Embora a maioria dos estudos sobre os efeitos anticancerígenos dos tomates tem foco na prevenção do câncer de próstata, parece provável que os tomates possam desempenhar um papel na prevenção de outros tipos de câncer.

Produtos de tomate cozido, como molhos, são especialmente ricos em licopeno. A exposição ao calor rompe as paredes celulares, provocando mudanças na estrutura e tornando-o mais facilmente assimilável pelo organismo.

Consumo de produtos à base de tomate é uma maneira fácil para reduzir o risco de câncer de próstata. Comer 2 refeições à base de molho de tomate por semana pode reduzir o risco de câncer de próstata por um notável 25%.

  1. Alho

Os poderosos compostos fitoquímicos encontrados no alho são capazes de ajudar a prevenir o início ou o progresso de tipos específicos de câncer, particularmente esofágicos e estômago.

Alho parece ser especialmente eficaz na proteção contra câncer provocado por nitrosaminas, compostos potencialmente carcinogênicos contidos nos alimentos defumados e no churrasco. Nossa flora intestinal faz nitrosaminas dos nitritos usados como aditivos alimentares e conservantes em alimentos em conserva de carne como presunto, bacon e salsichas. O alho pode também atacar e destruir as células tumorais diretamente por meio de apoptose.

  1. Brócolis

O brócolis é um alimento anticancerígeno excepcionalmente potente. Bloqueia um tipo de estrogênio associada ao câncer de mama através do sulforafano e do indol-3-carbinol, compostos chamados glucosinolatos que são encontrados em brócolis e outras crucíferas como couve e repolho/

Pesquisas demonstram que tanto indol-3-carbinol e sulforafano freiam o crescimento de células de cancerígenas  da mama e da próstata.

Indol-3-carbinol também aumenta a capacidade do fígado para desintoxicar os compostos tóxicos e também reduz o crescimento do vírus do papiloma humano, ligada ao câncer de colo de útero.

É sugerido por pesquisadores que comer cerca de 1 molho de brócolis por semana pode reduzir o risco de câncer pela metade.

  1. Linhaça

Numerosos estudos têm demonstrado as propriedades anticancerígenas de lignanas, que são abundantes em sementes de linhaça. Os efeitos do estrogênio no tecido mamário são limitados por compostos de lignanas que se ligam aos receptores de estrogênio.

Reduzir os níveis de estrogênio com a suplementação de 1 colher de semente de linhaça dourada por dia, reduzindo assim o risco de câncer de mama.

  1. Frutas vermelhas

Pesquisadores identificaram frutas vermelhas como alimentos potencialmente importantes na prevenção do câncer. Ácido elágico, um polifenol encontrado principalmente em morangos e framboesas é o composto fotoquímico associado à prevenção do câncer. Pesquisas indicam que o ácido elágico impede a ativação das substâncias cancerígenas em toxinas celulares.

  1. Chá Verde

O chá contém centenas de compostos químicos conhecidos como catequinas, responsáveis pelas propriedades anticancerígenas do chá verde. Embora o chá verde contém várias catequinas, a EGCG (epigalocatequina) possui maior atividade anticancerígena.

Estudos têm demonstrado que EGCG inibe o crescimento das linhagens de células cancerígenas in vitro. Estudos em animais mostraram que o chá verde previne o desenvolvimento de muitos tumores como resultado de agentes cancerígenos, principalmente câncer de mama, câncer de pele, câncer de pulmão, câncer colo retal e câncer esofágico.

O conteúdo catequina do chá verde varia muito, dependendo da área de cultivo e outros fatores, mas chás verdes japoneses geralmente contêm muito mais EGCG do que os chás chineses.