Colágeno em pó funciona?

25

Suplementos de colágeno são vendidos no mercado oferecendo uma série de benefícios como redução das rugas, melhora do aspecto, firmeza e elasticidade da pele.

No entanto, são poucas ou nenhuma as evidências de que pílulas ou pó diluído possam fazer o milagre que prometem.

Colágeno quando ingerido e digerido, é quebrado pelo sistema digestivo e transformado em  aminoácidos individuais que serão utilizados pelas células de acordo com as suas necessidades.

Não existe nenhuma prova científica de que suplementos de colágeno tenham quaisquer efeitos sobre a saúde da pele. Não há garantia de que o consumo de suplementos de colágeno sejam mais eficazes do que  outra fonte de proteína como carne, queijo ou ovos.

Em relação aos cremes que alegam conter colágeno, as suas moléculas são grande demais para ser absorvidas na derme. Mesmo nas formas micronizadas, qualquer  molécula de colágeno que realmente conseguisse penetrar na pele seria atacado pelo sistema imune como um corpo estranho. Causaria uma reação alérgica ou simplesmente seria destruído pelas células de defesa antes de conseguir qualquer benefício para a pele.

Para manter e estimular realmente o colágeno da pele, devemos, em primeiro lugar, reduzir  a sua degradação. Se proteger do sol forte, evitar álcool e cigarro, dormir as horas suficientes, são atitudes indispensáveis para conservar o bom aspecto da pele.

Açúcar e amidos provocam glicacão do colágeno e da elastina, causam inflamação e aumentam a oxidação das secreções sebáceas  da pele, favorecendo a aparição de cravos e espinhas.

Comer os alimentos certos e obter boas fontes de antioxidantes de frutas e legumes é muito importante para a produção de colágeno. Vegetais coloridos como o tomate, grapefruit e melancia contém o poderoso antioxidante licopeno, que ajuda a prevenir a degeneração do colágeno. Frutas como laranjas, morangos e pimentas vermelhas contêm vitamina C, algo que é fundamental para a condição ideal da pele. Vegetais como brócolis, folhas verdes e couve-flor fornecem nossa pele com glucosinolatos, que combatem os radicais livres que atacam nosso colágeno. Também fundamental para a saúde da pele é o ácido graxo ômega-3 conhecido como ácido eicosapentanóico ou EPA, que tem efeitos anti-oxidantes e anti-inflamatórios. Omega-3 se obtém de peixes oleosos e spirulina.